Nandrolona no tratamento da osteoporose

Atualizado: 28 de jun.

Osteoporose é a doença que gera diminuição da densidade dos ossos, em outras palavras os ossos ficam mais fracos e muito suscetíveis a fraturas. É uma condição bastante associada ao envelhecimento. Vários fatores geram esse enfraquecimento: queda das taxas dos hormônios sexuais (tanto testosterona quanto os hormônios femininos), perda de massa muscular, sedentarismo, mudanças no padrão dietético (muito comum idosos diminuírem a ingestão de proteínas) e níveis baixos de vitamina D.


A osteoporose não dói, apesar de muita gente achar o oposto, ela é uma doença silenciosa. E em muitos casos os pacientes só sabem que tem quando caem e sofrem uma fratura.


Fratura em um idoso é um grave sinal de fragilidade física. A literatura médica diz que, em média, 1/3 dos idosos que sofreram uma fratura de quadril morrem em 1 ano (não morrem necessariamente da fratura ou o pós operatório da mesma, e sim morrem por estarem com a saúde muito comprometida).


O tratamento, assim como as causas, é multifatorial. Existem pilares para haver uma boa produção de matriz óssea: nutrição/suplementação adequada (proteína, cálcio e vit D), exercícios físicos de força e ambiente hormonal favorável.


Existem medicações que ajudam no processo, mas o tratamento clínico ainda sim é indispensável. É o caso de Nandrolona (mais conhecida como Deca - decanoato de nandrolona), que é um esteróide anabólico e tem um grande papel no tratamento da osteoporose, pois além de gerar anabolismo muscular e ganho de força, atua gerando maior acúmulo de massa óssea. É uma medicação muito segura e amplamente estudada. Gera pouca virilização, portanto pode ser utilizada em mulheres.


Como está sua densitometria óssea?


Marque uma avaliação conosco




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo