Terapia Hormonal: Vias de administração

Atualizado: 28 de jun.

As diversas formas de administração de medicações tem diferença não só na maneira de fornecer o princípio ativo mais também na maneira como o corpo responde ao mesmo.


Via oral:

  • Vantagens: simples, não invasiva e relativamente barata

  • Desvantagem: falta de aderência (esquecimento ou tomadas fora de hora), metabolismo de primeira passagem (hepatotoxicidade)


Via sublingual:

  • Vantagens: simples, não invasiva e menos hepatotoxica

  • Desvantagem: falta de aderência (esquecimento ou tomada fora de hora), custo mais alto


Intramuscular:

  • Vantagens: baixo custo, maior tempo de ação (podendo ajudar na aderência)

  • Desvantagens: invasivo (alguns pacientes tem fobia), necessita de um profissional para aplicação (se feito da maneira correta)


Trandérmica (gel de aplicação):

  • Vantagens: simples de aplicar, não invasivo, não hepatotóxico

  • Desvantagens: custo mais elevado, falta de aderência (por esquecimento), risco de contaminação cruzada (cônjuge por transferência direta)


Trandérmica (adesivo):

  • Vantagens: simples de aplicar. não invasivo, não hepatotóxico, maior tempo de ação

  • Desvantagens: custo elevado, sensibilidade e/ou coceira da pele no local de aplicação


Implantes subcutâneos:

  • Vantagens: melhor aderência entre todas as formas, não hepatotóxico, maior tempo de ação entre todas

  • Desvantagens: custo elevado, risco de extrusão e infecção






1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo