Aprenda a comprar um whey

Atualizado: 28 de jun.

Dessa vez eu trago algo muito comum e triste que vejo muitas pessoas caindo! Muita gente vai a procura do whey mais barato e por não ter conhecimento algum, apenas pega o mais barato. Mas será que vale a pena? Dois produtos da mesma marca, onde ambos vêm escrito Whey na embalagem. Qual a diferença?

Bom, ambos são de 900g, um sai por $60 em média e o outro $100.

Bom beleza Caio, eai? Então, no primeiro, possui mais carboidratos do que proteína, ou seja, muito diferente da proposta de um WHEY, que seria trazer a proteína do soro do leite em primeiro lugar. Bom, a dose recomendada pelo fabricante são de 120g, o que geraria 7,5 doses (isso mesmo, 1 semana). Enquanto o outro, 30 doses (é, 1 mês). Não vou nem olhar as calorias, porque aí o buraco é beeeeem mais embaixo!

Quando olhamos os ingredientes, o primeiro citado, é o maior em quantidade, e pode-se ver que a maltodextrina é o primeiro encontrado. E o que seria isso? Bom, um açúcar, beeeem barato. Enquanto o outro produto, o primeiro ingrediente é a proteína concentrada do soro do leite. Vamos olhar os outros ingredientes então? O primeiro produto possui adição de frutose (sem sentido algum), colágeno hidrolisado (uma proteína SUPER barata) e albumina desidratada (outra fonte proteica mais barata que o whey).

Ou seja, depois disso tudo, deu para reparar que você não está comprando whey algum? Pelo contrário, esse primeiro produto é altíssimo em calorias e açúcar! Agora que você aprendeu, se atente na hora de comprar um whey e não vai jogar o seu dinheiro fora!




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo